quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Carnaval, cinzas e um baile sem máscaras.


Por Jony Bigu

Você pulou, bebeu, beijou, dançou, cantou e agora é só saudades. Saudades porque acabou a festa.  Saudade da máscara que você usou para poder participar da brincadeira. Essa máscara fez milagres. Fez você esquecer a realidade por um momento e deixar fluir toda sua sede de alegria. Com essa máscara, você fez coisa que jamais faria em seu cotidiano.

Agora acabou. Você coloca sua máscara na caixa esperando o outro carnaval e volta para o mundo sem máscara. Não poderia ter nome melhor para essa quarta-feira. Quarta-feira das cinzas de uma alegria efêmera que já passou. As palavras do poeta que dizia não haver felicidade, mas momentos felizes, começam a fazer sentido para você.

Mas será que realmente não há felicidade? Será que você realmente tem que passar o ano inteiro esperando apenas alguns momentos ocorrerem? E será assim por toda sua vida? Jesus disse certa vez: eu sou o bom pastor e dou vida em abundância. Vida em abundância é fazer valer a pena todos os instantes que se vive. Jesus disse que isso era possível. Eu experimentei e você também é convidado a experimentar. Mas se for fazer isso, procure por Ele (Jesus e não por religião). Foi isso que fiz. Acredite, é possível ser feliz sem máscaras.

Um comentário:

Glayvid Nascimento disse...

Ótimo post Jony.
Gostei! Compartilhando.