terça-feira, 30 de agosto de 2011

Caminhando certo num caminho incerto

Nos últimos dias tenho pensado muito no meu futuro. Vejo varias incógnitas, mistérios, murros e desafios. O futuro, é assim, cheio de incertezas. Por mais seguros que possamos estar em torno de alguma coisa, o improvável sempre pode acontecer.

Todavia, acredito em um Deus Soberano que tem meu futuro nas mãos e por mais inseguro estejam os meus pensamentos, se eu estiver junto Dele eu nunca vou perecer. 

Tenho absoluta certeza que por mais fraco que eu seja, vencerei no final, pois meu Deus é forte. E é assim que sigo, crendo somente Nele para prosseguir na caminhada.  


Ass. Jony - que procura sempre caminhar ao lado do Mestre.

sábado, 27 de agosto de 2011

Oração de Adolescente

Por Jasiel Botelho

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Tenha Fé...

Por Jony Bigu


Um pai desesperado, doze discípulos em uma situação complicada e uma multidão ansiosa para saber o que ia acontecer. Foi em meio a esse grande tumulto que Jesus atendeu um dos pedidos mais impressionantes da bíblia sagrada.  A história aparece em todos os evangelhos sinótipos, mas só Marcos nota um detalhe que nos toca com profundamente.

Pai e filho sofriam desde a infância, foram vários momentos de desespero. Eles ouviram falar que havia uma esperança. Um galileu e com alguns discípulos maravilhavam multidões com curas, milagres e um ensinamento que arrebatava a alma. seria mais uma oportunidade, era mais um  momento de esperança e a possibilidade de um milagre.

O pai encontrou os discípulos. Estes eram homens cheios de ousadia e com autoridade para que em nome de seu mestre pudessem realizar prodígios. Eles tentaram, tentaram, e nada. Por um momento o medo de nunca se livrar daquele sofrimento tomou conta do seu coração. 

Ai o Mestre chega. O pai desesperado pula do meio da multidão e relata o que tem aconteceu. O Mestre o pergunta: 
_Quanto tempo há que lhe sucede isto?
_Desde a infância. Respondeu o pai do menino.

Ainda com um peso enorme de sofrimento, o pai completa:
_E muitas vezes o tem lançado no fogo, e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos.

Era um pedido de ajuda, era mais uma possibilidade assim com tantas outras já findadas. Se tu podes fazer alguma coisa, tem de nós, e ajuda-nos era um pedido que já tinha sido feitos outras vezes. 

Acredito que a resposta do Mestre foi diferente de todas as outras. Ele respondeu:
_ Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.

Nas entrelinhas, Ele havia respondido: Eu posso basta apenas que você tenha fé. 

Ele não esperava aquela resposta. Ele tinha em mente que o mestre poderia dar duas resposta, eu vou cura-lo ou não posso fazer nada. 

Havia outra coisa que tinha que tocada além do corpo daquele menino. O Mestre tocou uma fé abalada, sacudida pelas provas e tribulações. Ele curou uma mente sofrida pela falta de esperança. Foi ai que o homem respondeu ao Mestre
_E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! ajuda a minha incredulidade.

Não posso esquecer esse detalhe que Marcos narra. Jesus não nos despreza quando fraquejamos na fé, Ele simplesmente diz: tenha fé.

Ass. Jony - que não é, e nunca foi um crente super-homem, mas tem um Deus grande que tem misericórdia da sua vida.